1200 Cursos - Nada de Mensalidades

Encontre aqui o curso desejado...

4 de jul de 2015

9 de Julho - Revolução Constitucionalista de 1932

A Revolução Constitucionalista de 1932, Revolução de 32 ou Guerra Paulista, foi o movimento armado ocorrido no Brasil entre Julho e Outubro de 1932, onde o estado de São Paulo visava à derrubada do governo provisório de Getúlio Vargas e à instituição de um regime constitucional após a supressão da Constituição de 1891 pela Revolução de 1930.

Atualmente, o dia 9 de julho que marca o início da Revolução de 1932, é a data cívica mais importante do estado de São Paulo e feriado estadual. Os paulistas consideram a Revolução de 1932 como o maior movimento cívico de sua história.

Foi a primeira grande revolta contra o governo de Getúlio Vargas e o último grande conflito armado corrido no Brasil.

No total, foram 85 dias de combates, (de 9 de julho a 2 de outubro de 1932), com um saldo oficial de 934 mortos, embora estimativas, não oficiais, reportem até 2.200 mortos, sendo que inúmeras cidades do interior do estado de São Paulo sofreram danos devido ao combates.

Em 1997, o governador do estado de São Paulo oficializou o dia 9 de Julho como feriado civil na região, uma homenagem ao soldado constitucionalista que lutou pela queda da ditadura de Vargas.

Revolução Constitucionalista de 1932


Soldados paulista em trincheira em Silveiras
Data 9 Julho de 1932 - 2 de Outubro 1932
Local Todo estado de São Paulo e algumas partes de Mato Grosso, Minas Gerais e Rio Grande do Sul
Resultado Vitória Militar das Tropas federais Vitória Política dos Revoltosos
Combatentes
Tropas Paulistas

Tropas Mato grossenses
Tropas Gaúchas

Voluntários de outros estados
Exército Federal

Força Pública de Minas Gerais
Força Pública do Rio Grande do Sul

Forças Públicas de outros estados
Comandantes
Pedro de Toledo
Vespasiano Martins
Euclides Figueiredo
João Neves da Fontoura

Júlio de Mesquita Filho
Bertoldo Klinger
Borges de Medeiros

Artur Bernardes
Getúlio Vargas
Góis Monteiro
Forças
Tropas Paulista:40.000

Tropas Gaúchas:450

Tropas Mato grossenses:5.000
Forças Armadas:100.000
Baixas
Tropas paulista:634 a 2.000

Tropas Gaúchas: 200

Tropas Mato Grossenses:desconhecido

Não há estimativa dos números de soldados federais mortos
_________________________________________________________

IMAGENS

Cartaz do movimento contra a ditadura getulista 

Cartaz convocando os paulistas às armas

Cartaz de convocação para Enfermeiras Voluntárias paulistas

Soldados paulistas fotografados por Claro Jansson em Itararé

Monumento em homenagem aos heróis da Revolução no Parque do Ibirapuera, São Paulo.

A epopéia de 1932 

Monumento em Ribeirão Preto, SP.

_________________________________________________

Fonte: Wikipédia

0 comentários:

Gostou do Post? Então Espalhe!

Missão:Transformar Sonhos em Realizações Profissionais



Quem está curtindo...

Encontre aqui o seu curso...

Twitter Delicious Facebook Digg Orkut Favorites Mais...